Professores recebem curso de Libras

Para muitos, uma oportunidade. Para outros uma necessidade de capacitação para melhorar a atual profissional. E assim, para atender a grande demanda por formação de educadores em Libras, o Giral ampliou as 30 vagas iniciais e formou duas turmas do curso básico na linguagem brasileira de sinais (Libras). Juntas, contemplam 60 educadores dos municípios de Glória do Goitá e Chã de Alegria.
As aulas, ministradas pela pedagoga e intérprete de libras, Amanda Tamires são realizadas aos sábados pela manhã. Inicialmente, o curso tem duração de quatro meses, somando 26 de aulas presenciais onde os alunos vivenciam aulas teóricas e práticas, mais atividades externas, como a participação em seminários, conferências e outros estudos.
Para avaliação final, os estudantes devem apresentar uma música em libras. “Houve uma surpresa com a procura. Muita gente queria fazer o curso. Ampliamos de 30 para 60 vagas e mesmo assim, muitos interessados ficaram de fora”, comenta o coordenador do Giral, Leonildo Moura