Giral discute parcerias em Glória do Goitá

Giral reune-se com a prefeita de Glória do Goitá, Adriana Paes, e discute sobre novos projetos para o município. Na pauta, além da discussão sobre a Instituição foi apresentada a novidade do Giral para a cidade. Este ano a organização irá desenvolver o projeto Gente do Campo, em parceria com a TV Globo/UNESCO, trazendo para Glória do Goitá o “Criança Esperança”, que beneficiará 90 crianças, adolescentes e jovens com vivências de artes, cultura e esportes. Participaram da reunião além da prefeita, os representantes do Giral, coordenador executivo Leonildo Moura e o Diretor Administrativo Marivaldo Silva.

Este ano, em parceria com a nova gestão, o Giral pretende ativar dois Telecentro no município além de outros projetos que deverão iniciar no segundo semestre deste ano.

Giral articula parcerias governamentais na região da bacia do Goitá

Para o Giral, o ano começa com muitas novidades e desafios. Além dos novos projetos da Instituição, há a necessidade da atualização das parcerias governamentais nos municípios que compõe a área de sua atuação. Dessa forma, a Instituição está realizando encontros e reuniões com os novos gestores municipais de Glória do Goitá, Feira Nova, Lagoa do Itaenga, Chã de Alegria e Pombos.

Na ocasião, o Giral apresenta as oportunidades para os adolescentes e jovens dos municípios a partir da participação em seus projetos. O destaque é a realização do projeto Gente do Campo, financiado pelo Programa Criança Esperança da Rede Globo/Unesco. A iniciativa beneficiará 90 adolescentes da região, com cursos e oficinas nas áreas esportivas, culturais e artísticas. No momento, para garantir a inclusão digital de jovens, a Instituição também fala sobre a oportunidade dos telecentros. Espaços equipados para realização de cursos básicos e avançados de computação.

“Já realizamos reunião com o Prefeito de Feira Nova e Chã de Alegria. Outras reuniões estão agendadas. Esperamos que os gestores entendam a importância e necessidade da nossa proposta e parceria para o desenvolvimento dos jovens dos municípios”, sinaliza o coordenador do Giral, Leonildo Moura.

Criança Esperança no Giral

 

O Giral foi aprovado no edital do Criança Esperança/Unesco 2016. Com a proposta, a Instituição vai desenvolver o projeto Gente do Campo, beneficiando 90 adolescentes de Glória do Goitá, Lagoa do Itaenga e Chã de Alegria, com oficinas de cultura, educação e esportes irá atuar nos municípios.

Os participantes serão selecionados agora em fevereiro e as atividades de formação terão início em março. De acordo com o coordenador geral do projeto, Leonildo Moura, o planejamento e articulações do projeto começaram em dezembro. “Estamos divulgando o projeto, fazendo articulações nos municípios e planejando o curso. Queremos que nossas expectativas sejam superadas e temos a esperança que o projeto dará muitos frutos, transformando vidas”, relata Moura.

 

Ação reúne moradores para criar e reciclar

Você já pensou em fazer e personalizar seu puff, deixando um assento bem bonito e confortável? Dezenas de moradores do Santa Felicidade, em Glória do Goitá, tiveram essa oportunidade. Eles coletaram 320 garrafas pets que iriam para o lixo e transformaram em 22 assentos (puff), durante a oficina prática de produção de puffs, realizada pelo Giral. A atividade fez parte da rodada de ação do Giral na comunidade.  
“A comunidade vizinha a sede do Giral está sendo contemplada com uma série de ações realizadas de forma voluntária por educadores da Instituição. Nessa oficina reunimos dezenas de moradores, trabalhando com 320 garrafas pets que iriam para o lixo, prejudicar o meio ambiente. Mas se transformaram em assentos para crianças e adultos”, pontua o educador, o coordenador do Giral, Leonildo Moura.
No momento, os participantes assistiram filmes sobre o meio ambiente e debateram sobre a importância da preservação ambiental a partir dos cuidados com os resíduos sólidos. A ação faz parte do projeto Meninas e Meninos da Alegria que tem o apoio da Oi e Oi Futuro.

Sala Futura no Giral

Chegou nossa vez de realizar um sonho antigo. O Giral agora tem Sala Futura e reforça uma parceria de década com o Canal Futura, da Fundação Roberto Marinho. O espaço é composto por uma midiateca educativa que traz diversos conteúdos do Canal Futura. São vídeos da programação, cadernos com sugestões de atividades, kits temáticos com livros, vídeos e jogos. Produções dos jovens comunicadores formados pelo Giral também comporão a sala que será inaugurada em março desse ano.
“Os preparativos estão a todo vapor. Estamos trabalhando para que além de aconchegante, a sala seja um espaço de representação da nossa cultura. Ela será um espaço para a cidadania, meio ambiente, saúde, juventude, audiovisual, e muitos outros temas de interesse social”, afirma o coordenador do Giral, Leonildo Moura.
A proposta vai além da estruturação de um espaço físico. Será um local cultural e educativo para o Giral e organizações parceiras. O ambiente está localizado na sede da Instituição, localizada na Rua das Orquídeas, 148, Santa Felicidade,Glória do Goitá. 

Intercâmbio na Colômbia

Entre os dias 27 e 29 de outubro, representantes do Giral participaram do Encontro Internacional da Interamerican Foundation (IAF), em Montería, Colômbia. Com foco na juventude, o evento reuniu donatários da Fundação das Américas e Caribe para debater, expor e intercambiar conhecimentos com diversas instituições que trabalham com jovens e contribuem para o fim da violência, a partir de projetos de inclusão social.

O evento reuniu jovens de 12 países e 24 diferentes instituições. No cenário brasileiro, os educadores do Giral, Leonildo Moura e Daiana apresentaram a experiência do Giral, como uma experiência exitosa. No momento, discutiram sobre as várias causas e formas de violência que afetam a juventude brasileira. “O Giral atua há 9 anos, formando crianças, adolescentes e jovens. Essa experiência tem dado bons resultados e muitos jovens já mudaram de vida. Na Colômbia, além de apresentar nosso trabalho, para que seja reaplicado em outras realidades, conhecemos diversas experiências e compartilhamos com os outros participantes”, socializa Moura.

 O encontro foi realizado pela Interamerican Foundation em parceria com a Fundação Surtigas e Prodesal. “Poder conhecer novas culturas e novas formas de trabalho com jovens, expondo nosso trabalho foi extremamente gratificante e importante para nós que fazemos o Giral. De agora em diante a ideia é nos aproximar ainda mais dessas instituições e trocar experiências de forma contínua.”, finaliza Moura.

Giral é eleito para o Conselho da EPC

Depois da eleição realizada no dia 8 de setembro, na sede da TV Pernambuco, no Recife, o Giral foi reconduzido à composição do Conselho de Administração da Empresa Pernambuco de Comunicação SA (EPC). Na função de titular, a Instituição compõe o órgão com outras cinco instituições: Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco – SINTEPE, Centro de Cultura Luiz Freire – C.C.L.F, Grupo de Informática, Comunicação e Ação Social – GIRAL, Sindicato dos Servidores da Justiça de Pernambuco – SSJEPE, Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé – BARÃO DE ITARARÉ e a União Brasileira de Mulheres – UBM.

Esta representação da Sociedade Civil no Conselho da EPC atuará no triênio 2016-2019. Além desses conselheiros, o Governo Estadual indica os Conselheiros representantes do poder público. O grupo tem entre as funções, discutir formas para democratizar a comunicação no estado.

Giral sedia encontro do Canal Futura

O Giral foi sede de mais um encontro do Projeto Crescer sem Violência do Canal Futura. O evento aconteceu no último dia 9 de agosto na sede da instituição em Glória do Goitá e contou com a participação de pessoas representantes do CRAS, CREAS, Conselho Tutelar, Conselho de Direito, Secretaria de Educação, Casas das Juventudes e Ongs dos municípios de Glória do Goitá e Feira Nova.

A iniciativa teve como objetivo fazer o monitoramento do Projeto Crescer sem Violência do Canal Futura juntamente a esses órgãos e instituições parceiras do projeto. Na oportunidade a representante do Canal Futura local, Cinthia Sarinho agradeceu a presença de todos presentes e reforçou o compromisso do projeto em defesa dos direitos da criança e do adolescente e a importância de trabalhar o tema Exploração e Abuso Sexual de crianças e adolescentes.

Para o coordenador executivo do Giral que participou do encontro, foi um momento de reafirmar compromissos. “Esse trabalho com criança e adolescente é compromisso de todos nós que fazemos a rede de garantia de direitos. Cabe a nós que estamos nessa luta combater a exploração e o abuso sexual contra crianças e adolescentes. O projeto só vem nos fortalecer e contribuir ainda mais com nosso trabalho no dia a dia”, pontua Moura.

Conselho da EPC avalia atuação

O Giral compõe o Conselho de Administração da Empresa Pernambuco de Comunicação (EPC), representando as juventudes do interior pernambucano. No último dia 11, os conselheiros, com a participação do representante do Giral, Leonildo Moura, reuniram-se na Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação em reunião extraordinária para discutir sobre a eleição do presidente interino do Conselho e para apresentar a prestação de contas da Diretoria Executiva relativa ao exercício 2015.

Para Moura, é importante que a Instituição participe desses espaços que discutem a democratização da comunicação, para dá voz aos que não têm espaços, nem oportunidades para tal. “É muito positivo participar das discussões e sugerir mudanças para melhoria da comunicação pública no estado. A representação do Giral neste Conselho deve representar a voz daqueles que vivem nos interiores e precisam ser vistos e escutados, mostrando para o mundo, a partir do acesso à comunicação, suas culturas e formas de vida”, pontua Moura.

Giral discute política de juventude

Realizado em Carpina, no último dia 9, o 2º Seminário Regional de Políticas Públicas de Juventudes da Mata Norte pernambucana, reuniu caravanas de jovens, conselheiros municipais de juventudes e gestores de juventudes da região para discutir políticas para as juventudes.

Durante o evento, o Coordenador do Giral, Leonildo Moura que representa a Instituição no Conselho Estadual de Políticas Públicas de Juventudes de Pernambuco, foi um dos facilitadores das discussões dos grupos, falando sobre a importância da atuação dos Conselhos Municipais de Juventudes.

Para Leonildo, o seminário reafirmou a força da juventude do interior no envolvimento das políticas públicas voltadas às juventudes. “Jovens lideranças de 16 municípios expuseram interesse e falaram de políticas para as juventudes, encaminhando propostas para o Estado. Isso mobiliza políticas e cria boas expectativas para a construção de um novo cenário para a juventude”, destaca Moura.