Giral recebe visita do Instituto Oi Futuro

Sintonia, integração e troca de conhecimentos. Foi assim que foi realizado o intercâmbio entre a Instituição Giral e representantes do Instituto Oi Futuro. O encontro foi realizado na manhã do último dia 13, na sede da Ong em Glória do Goitá, interior de Pernambuco. No momento, Fernanda Pedrosa e Fernanda Todeschini da área de Educação do instituto (Oi Kabum) do Rio de Janeiro e Júlio Magno do Recife (NAVE), conheceram a história e o trabalho realizado pelo Giral através da formação de crianças e jovens nas áreas de educação, comunicação e cultura na região da bacia do Rio Goitá.

Para o coordenador executivo da Ong, Leonildo Moura, a visita animou os educadores, e além das expectativas vislumbrou um sentimento de reconhecimento da experiência realizada. “Receber a equipe do Instituto Oi nos alegrou, simplesmente, pela oportunidade de mostrar um trabalho que é feito com muito amor. Foi uma troca de experiência que nos possibilitou saber que nossa atuação também é vivenciada, de forma similar, em outras partes do país. Isso nos incentiva”, explanou Moura.

Atualmente, o Giral desenvolve o projeto Meninas e Meninos da Alegria com o apoio do Instituto Oi. A iniciativa tem o objetivo de vivenciar momentos de construção de novos conhecimentos e saberes, com crianças e adolescentes rurais, estudantes das escolas municipais do campo de Glória do Goitá e Chã de Alegria, utilizando as tecnologias de informação como suporte para produção de produtos de comunicação.

Giral participa de oficina em Fortaleza

O Giral participa da II Oficina de Capacitação do Programa Amigo de Valor do Bando Santander em Fortaleza (CE), período de 10 a 12 desse mês,  através do Conselho Municipal em Defesa dos Direitos da Criança e Adolescente de Lagoa de Itaenga. A iniciativa tem como objetivo capacitar os conselheiros e conselheiras de direito no fortalecimento da política de atendimento.  Um outro ponto bastante discutido durante a capacitação é a forma de apreender o funcionamento das doações incentivadas aos Fundos dos Direitos da Criança e do Adolescente e análise das condições para realização de campanhas para captação de recursos.

Leonildo Moura que é representante da sociedade civil no COMDICA de Lagoa de Itaenga atrás do Giral destaca a importância de estar participando de uma oficina como essa. “Está sendo muito importante participar dessa capacitação, isso só vem a fortalecer nossa atuação dentro do conselho, principalmente nas orientações de como captar recursos para o Fundo e dessa forma garantir a proposição de políticas públicas voltadas para criança e adolescente”,  relata Moura.