Giral realiza I Fórum de integração do Projeto Meninas e Meninos da Alegria

Foi realizado na manhã desta última segunda feira (30), na sede do Giral em Glória do Goitá – PE, o I Fórum de integração do Projeto Meninas e Meninos da Alegria com os municípios de Glória do Goitá e Chã de Alegria. Na oportunidade o Secretário de Educação de Glória do Goitá, diretores, supervisores e professores puderam conhecer melhor a iniciativa.

O projeto que tem o apoio da Oi e Oi Futuro tem como objetivo vivenciar momentos de construção de novos conhecimentos e saberes, com 900 crianças e adolescentes rurais, estudantes das escolas municipais do campo de Glória do Goitá e Chã de Alegria, utilizando as tecnologias de informação como suporte para produção de produtos de comunicação.

Para o coordenador do Projeto, o jornalista, Leonildo Moura, a iniciativa já teve uma boa aceitação das duas secretarias de educação envolvidas, isso faz com que o projeto tenha ainda mais êxito. “Os secretários, gestores, supervisores e professores estão dedicados e atentos ao que diz respeito do projeto, todos participam com muita alegria”, comenta Moura.

Já para o Secretário de Educação de Glória do Goitá, Severino Martins, as atividades do projeto dentro das escolas do campo só vem a somar com o ensino/aprendizado. “As meninas e meninos das escolas do campo precisam cada vez mais de iniciativas como essa, essa parceria irá nos dar muitos frutos”, diz Martins.

I Fórum de Integração do Projeto Meninas e Meninos da Alegria

É nesta segunda feira (30) o I Fórum de Integração do Projeto Meninas e Meninos da Alegria. O projeto tem como objetivo vivenciar momentos de construção de novos conhecimentos e saberes, com 900 crianças e adolescentes rurais, estudantes das escolas municipais do campo de Glória do Goitá e Chã de Alegria, utilizando as tecnologias de informação como suporte para produção de produtos de comunicação. Uma realização do Giral com o apoio da Oi e Oi Futuro em parceria com as Prefeituras Municipais de Glória do Goitá e Chã de Alegria através das Secretarias de Educação e Instituto Federal de Pernambuco – Campos Vitória de Santo Antão.

Em Glória do Goitá: Educadores concluem curso de Libras

A formatura acontece sábado (7), a partir das 8h, em Glória do Goitá e festeja a conclusão do curso básico na Língua Brasileira de Sinais (Libras). O evento é resultado de mais de três meses de aulas práticas e teóricas, intercâmbios e vivências em educação inclusiva, realizadas pela Ong Giral, com mais de 30 alunos que puderam certificar-se da importância da Libras para a inclusão social.

O curso atende uma demanda de formação profissional na área. “Estamos imensamente satisfeitos pelo resultado. São mais de 30 educadores de Glória e Chã de Alegria preparados para utilizar a libras. A solenidade será realizada, na sede da Ong Giral, localizada na Rua das Orquídeas, Santa Felicidade, Glória do Goitá”, socializa o coordenador executivo da Instituição, Leonildo Moura. No momento, os formandos irão apresentar musicais utilizando a libras como língua principal.

O curso é uma inovação da Ong que atua na formação de adolescentes e jovens com educação inclusiva em vários municípios da Zona da Mata pernambucana, em parceria com o Instituto BRFoods. As aulas aconteciam todos os sábados pela manhã, ministradas pela pedagoga e intérprete de libras, Amanda Tamires. A ação faz parte do projeto Identidades do Giral.

A formatura acontece sábado (7), a partir das 8h, em Glória do Goitá e festeja a conclusão do curso básico na Língua Brasileira de Sinais (Libras). O evento é resultado de mais de três meses de aulas práticas e teóricas, intercâmbios e vivências em educação inclusiva, realizadas pela Ong Giral, com mais de 30 alunos que puderam certificar-se da importância da Libras para a inclusão social.

O curso atende uma demanda de formação profissional na área. “Estamos imensamente satisfeitos pelo resultado. São mais de 30 educadores de Glória e Chã de Alegria preparados para utilizar a libras. A solenidade será realizada, na sede da Ong Giral, localizada na Rua das Orquídeas, Santa Felicidade, Glória do Goitá”, socializa o coordenador executivo da Instituição, Leonildo Moura. No momento, os formandos irão apresentar musicais utilizando a libras como língua principal.

O curso é uma inovação da Ong que atua na formação de adolescentes e jovens com educação inclusiva em vários municípios da Zona da Mata pernambucana, em parceria com o Instituto BRFoods. As aulas aconteciam todos os sábados pela manhã, ministradas pela pedagoga e intérprete de libras, Amanda Tamires. A ação faz parte do projeto Identidades do Giral.

Encontro marca Projeto Meninas e Meninos da Alegria

Encontro realizado na sexta-feira (27), na Secretaria de Educação de Chã de Alegria, reuniu a equipe do Giral e da Secretaria de Educação do município e marcou o início do Projeto Meninas e Meninos da Alegria. A iniciativa tem o apoio da Oi e Oi Futuro.

No momento, os representantes do Giral, Leonildo Moura e Valdir Luiz, apresentaram o projeto, falaram das ações e objetivos e juntos com os professores, diretores e Coordenadores escolares iniciaram um plano de ação. Para o Secretário de Educação do município, Antônio Mendes, o projeto será muito importante para as crianças e adolescentes das escolas onde o projeto atuará. “Mais uma vez estamos junto com o Giral nessa parceria que já provamos que deu muito certo e acreditamos muito que o projeto vai dá certo e que oportunizará as crianças e adolescentes que vivem em meios rurais a conhecer outras experiências”, comenta Mendes.

            Os professores e gestores das escolas ficaram muito felizes e estão ansiosos pelo o início das atividades dentro das escolas. “Precisamos de mais iniciativas como essa, pois os jovens precisam de se ocupar mais com coisas boas”, diz a professora, Elisabete Santiago.

Além da formação em comunicação, os estudantes participantes do projeto também poderão discutir questões culturais e ambientais. As ações iniciarão a partir da plantação de árvores de pau-brasil nas escolas contempladas pelo projeto. Para o educador do Giral, Valdir Luiz a iniciativa já começa acertando em sua metodologia. “Juntamos as ferramentas de comunicação com a necessidade de discutir preservação ambiental e cultural”, finaliza.

Encontro marca Projeto Meninas e Meninos da Alegria

Encontro realizado na sexta-feira (21), no Centro Pedagógico de Glória do Goitá, reuniu a equipe do Giral e da Secretaria de Educação do município e marcou o início do Projeto Meninas e Meninos da Alegria. Iniciativa tem o apoio da Oi e Oi Futuro.

No momento, os representantes do Giral, Leonildo Moura e Valdir Luiz, apresentaram o projeto, falaram das ações e objetivos e juntos com os professores, diretores e Coordenadores escolares iniciaram um plano de ação. Para a Secretária de Educação do município, Ivanice Pereira, o projeto será muito importante para as crianças e adolescentes das escolas rurais. “Acredito que o projeto vai dá muito certo e que oportunizará as crianças e adolescentes que vivem em meios rurais a conhecer outras experiências”, frisa Pereira.

            Além da formação em comunicação, os estudantes participantes do projeto também poderão discutir questões culturais e ambientais. As ações iniciarão a partir da plantação de árvores de pau-brasil nas escolas contempladas pelo projeto. Para o educador do Giral, Valdir Luiz a iniciativa já começa acertando em sua metodologia. “Juntamos as ferramentas de comunicação com a necessidade de discutir preservação ambiental e cultural”, finaliza.