Caravana leva audiovisual ao meio rural

De 11 a 19 de agosto, adolescentes da rede pública de ensino, do Distrito de Apoti, Glória do Goitá, participam dos cursos de audiovisual do Giral e aprendem a produzir vídeos. A Escola Intermediária é a quarta a receber a caravana de educadores do Giral para o curso de produção de vídeos. São filhos e filhas de agricultores que estão concluindo o ensino fundamental e não tem seus objetivos e sonhos de vida ainda definidos.Muitos nem falam sobre o assunto.

Segundo os depoimentos, eles aprenderam novas palavras e práticas ainda não vivenciadas na comunidade, como a elaboração de roteiro, gravação e edição de vídeos. “Lindo a disposição deles”, comentam as educadoras Shamara Paz e Lucrécia Ivonete. Assim, elas definem seus sentimentos em estar junto com os adolescentes que participam do Projeto Ponto de Cultura Seu Zé. “Eles aprendem com o Giral a produzir vídeos para documentar a cultural local”, conclui Paz.

Depois dos aprendizados, os quinze participantes da oficina escolhem um tema que retrate sua cultural local para a produção de um curta. Entrevistam moradores, avós, avôs, pais e mestres de saberes da cultura. Com a finalização da oficina, a caravana de educadores do Ponto de Cultura do Giral parte para vivenciar a experiência com estudantes de outras escolas. O projeto é uma realização do Giral com financiamento da Fundarpe e em parceria com a Prefeitura Municipal de Glória do Goitá através da Secretaria de Educação.