“A publicidade infantil deve ou não ser proibida?”

Há 10 anos, discute-se no Congresso Nacional a viabilidade de um projeto (Projeto de Lei 9521/2001) que visa proibir a publicidade infantil para crianças menores de 12 anos. O projeto foi proposto pelo deputado federal Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR), e imediatamente combatido pela ABAP (Associação Brasileira de Agências de Publicidade).

Em defesa da autorregulamentação sob responsabilidade do Conar, a ABAP lançou este ano a campanha “Somos Todos Responsáveis”, enfatizando que publicitários e anunciantes estão agindo com responsabilidade, portanto, se o consumismo infantil tem causado preocupação, a culpa é dos pais que não controlam o que os filhos assistem ou compram. 

Indignado com a campanha, um grupo independente de pais e mães voluntários iniciou em março deste ano o movimento “Infância Livre de Consumismo” (ILC), com objetivo de debater a criação de um novo regramento para o setor, pois acredita que a publicidade infantil é abusiva e aproveita-se da falta de senso crítico da criança para vender produtos e serviços que nem sempre estão ao alcance do poder aquisitivo da família, causando sofrimento à criança e desestruturando o núcleo familiar.
 
O ILC também acredita que o excesso de propagandas e conteúdo manipulatório dirigidos aos público infantil dificulta a educação cidadã e sustentável e vai contra a formação de um consumidor consciente.

O movimento já reúne mais cerca de quatro mil participantes e conta com o apoio de entidades como Alana, Idec e Aliança pela Infância, além de pesquisadores do tema, como Telma Vinha, Edgard Rebouças, Venício Lima e Lalo Leal.

O que já foi dito sobre o movimento:

Veja: http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/projeto-de-lei-quer-restringir-a-publicidade-voltada-ao-publico-infantil
Folha/Mercado: http://www.somostodosresponsaveis.com.br/2012/04/11/agencias-lutam-por-publicidade-infantil-informa-a-folha-de-s-paulo/
Folha/Editorial: http://acervo.folha.com.br/fsp/2012/04/10/2

Contatos:

Ana Cláudia Bessa, Empresária, Ativista Ecológica, Autora do futurodopresente.com.br e Colaboradora do movimento no Rio de Janeiro. Contato:anaclaudia@futurodopresente.com.br.
Mariana Sá, Mestre em Políticas Públicas, Publicitária, Autora do viciadosemcolo.com e Colaboradora do movimento na Bahia. Contato: marianamachad@gmail.com.
Rosely Arantes, Especialista em Gestão Estratégica Pública, Jornalista e Colaboradora do movimento em Pernambuco. Contato: arantesrosely@hotmail.com.
Tais Vinha, mãe, Publicitária, Autora ombudsmae.com.br e Colaboradora do movimento em São Paulo. Contato:  taisvinha@terra.com.br.

Giral e parceiros inauguram Telecentros.BR

O Giral e seus parceiros realizam uma semana de inauguração de espaços de inclusão digital através do Projeto Telecentros.BR. Ao todo, nesta primeira etapa estão sendo inaugurados nove, dos onze telecentros que serão implantados.

É neste clima de festa e com muita alegria que o Grupo de Informática, Comunicação e Ação Local (GIRAL), em parceria com os Ministérios do Planejamento, Ciência, Tecnologia e Inovação e Comunicações, e apoio local das Prefeituras de Glória do Goitá, Pombos, Lagoa de Itaenga, Feira Nova, Gravatá e das Associações AMATERRA, ProLudus – O caminho e Associação Conexão Social, tem o prazer de convidar os moradores dos referidos municípios para participarem das inaugurações dos Telecentros.BR.

Os telecentros são espaços sem fins lucrativos, de acesso público e gratuito às tecnologias da informação e comunicação, com computadores conectados à internet, disponı́veis para diversos usos, onde o acesso é livre, com assistência de monitores.

Confira a agenda das inaugurações abaixo:

Dia 24/05: Pombos, às 9h, na Escola Margarida Alves (Assentamento Chico Mendes, Engenho Ronda); às 13h30, Na Escola Intermédiária, Loteamento Capitão Manoel Gomes de Assunção.

Dia 25/05: Lagoa de Itaenga, às 9h, na Rua Adreu Pedroso, 107.

Dia 25/05: Glória do Goitá, às 14h, na Rua Maria Janice  Rocha, 70; às 15h, na Avenida Rui Barbosa, 231.

Dia 30/05: Gravatá, às 9h, na Amaterra (D. Vila São Severino); às 13h30, no Pro Ludus – O caminho (Rua Edival Pires da Silva).

Dia 31/05: Feira Nova, às 9h, na Escola Francisco Coelho da Silveira, sítio Agostinho; às 13h30, na Rua Júlio Ferreira Chaves, 93A

Jovens ADC iniciam curso de produção audiovisual

Jovens comunicadores do Giral, participantes do Projeto Agente de Desenvolvimento da Comunicação iniciaram o módulo de produção audiovisual. As aulas começaram no dia 24 de abril e finalizam com a produção de cinco vídeos, produzidos pelos participantes, como produto da oficina.
Inicialmente, eles passam por aulas básicas sobre os aspectos gerais da produção audiovisual e depois se dividem em três grupos para aulas especificas – roteiro, cinegrafista e edição de vídeos. “Depois de avaliarmos a turma anterior, fizemos algumas adequações. Priorizamos o módulo de produção audiovisual e inserimos no trimestre da formação”, comentou o coordenador do projeto, Everaldo Costa. As aulas dos ADC iniciaram em fevereiro de 2012. Eles já passaram por aulas sobre movimentos sociais, história da comunicação e direito humano à comunicação.

Giral recebe auditoria

Em abril de 2012, pela primeira vez em 4 anos de fundação, o Giral recebeu auditoria contábil e financeira da Fundação Interamericana – IAF, que financia o projeto Agentes de Desenvolvimento da Comunicação da instituição. O projeto ADC está em desenvolvimento com a segunda turma de formação de jovens.

A primeira se formou em dezembro do ano passado. Além da parte burocrática financeira, a auditoria também fez visitas aos jovens em formação para presenciar de perto as atividades. “Tive um contato próximo aos jovens, onde estavam em atividades e também pude presenciar gastos sendo gerados diante das atividades dos jovens”, comenta Ana Flávia, assistente de auditoria da Nexia Teixeira Auditores Independentes, empresa responsável pela auditoria.

Para Ana Paula, responsável pela parte administrativo-financeiro do Giral, a auditoria foi de suma importância para a instituição, pois assim mostra o trabalho sendo desenvolvido de forma clara e transparente. “Para o Giral, é muito importante receber auditoria, pois é um momento de aprendizagem, experiência e muita transparência. No dia 20 de abril recebemos o relatório final e ficamos muito felizes com o resultado”, relata Ana Paula.

O projeto ADC está com sua segunda turma com financiamento do IAF, e esse ano com uma novidade, a inclusão do município de Chã de Alegria no curso. Continuando o acompanhamento da IAF, no mesmo mês, a instituição recebeu o consultor Eduardo Baptista para avaliar os resultados qualitativos e metodológicos da iniciativa.