Roda de diálogo discute cultura popular

Mestres

Na última sexta feira, (20) jovens dos quatro municípios da bacia do goitá participaram de uma roda de diálogo onde discutiram cultura popular. O palco para realização da saga foi o sítio Malícia, em Glória do Goitá, numa antiga casa de farinha que abriga parte do acervo particular do mestre Zé de Bibi, um dos principais atores do cavalo marinho nacional. Lá também se encontra o sítio histórico com o único museu do cavalo marinho do Brasil.
Outro convidado especial foi o sertanejo João silva, dono de uma das vozes consagradas da musica popular brasileira, e um dos maiores compositores do Brasil dedicado ao forró tradicional, conviveu com o rei do baião Luis Gonzaga, onde compôs grades sucessos para o rei.
A roda de diálogo contou com uma apresentação do trabalho dos dois mestres. Zé de Bibi apresentou ao vivo uma parte do solo musical do cavalo marinho.  Os jovens também tiveram a oportunidade de interagir com os mestres tirando suas dúvidas e sabendo o pensamento dos mesmos em relação à cultura popular, com enfoque principalmente no surgimento de novos movimentos culturais no nordeste brasileiro.
Os jovens estão em formação pelo projeto cultura daqui do Giral que tem como financiamento a Fundarpe. O projeto visa trabalhar as potencialidades da cultuara popular existentes em Glória do Goitá, Lagoa de Itaenga, Feira Nova e Pombos.

Jovens visitam comunidade Quilombola

 

Foto Quilombo

Jovens do projeto Cultura Daqui visitaram a comunidade da Serra do Bueiro, na cidade de Pombos, interior de Pernambuco. A comunidade é uma das remanescentes quilombolas da região da Mata Norte. Os jovens entrevistaram moradores buscando levantar dados estatísticos sobre o povoado.  

 

No momento, conversaram com um dos casais mais antigos da serra. Seu  Heleno Oliveira de 76 anos e a Senhora Josefa Altira de 78 anos falaram sobre as dificuldades enfrentadas na comunidade. “Às vezes tínhamos que pedir moedas para comprar comida. Era uma época muito difícil”, disse Altira.  O casal sempre morou na comunidade, onde educaram onze filhos, todos sustentados com a renda da agricultura. A atividade faz parte da formação dos jovens do projeto Cultura Daqui realizado pelo Giral em parceria com a Fundarpe.


Jovens discutem Encontro Nacional de Comunicação

Uma manhã de boas discussões sobre direito humano à comunicação. O evento foi realizado no dia 24 de janeiro, na Casa das Juventudes de Pombos, Mata Sul de Pernambuco e fez parte da rodada de pré-encontros para o Encontro Nacional de Comunicação, que será realizado nos dias 9, 10 e 11 de fevereiro na Universidade Católica de Pernambuco, organizado pelo Centro de Cultura Luiz Freire. A mobilização prévia foi organizada numa parceria entre o Giral e o Serta.

O encontro reuniu jovens, comunicadores e lideranças de Feira Nova, Glória do Goitá e Pombos na Casa das Juventudes do município. A discussão facilitada pelos comunicadores, Everaldo Costa, Tarcisio Camêlo e  Diego Gouveia. No momento, foi exibido o vídeo Levante sua Voz, do Coletivo Intervozes, e o curta, Testemunhas de Preto, produzido por jovens comunicadores do Giral.  Durante o evento, os jovens falaram de seus anseios sobre direito à comunicação e organizaram uma equipe de planejamento para participação no ENDC, inclusive com a proposição de atividades autogestionadas. 

Inscrições abertas para curso de comunicação

No período de 16 de janeiro a 14 de fevereiro de 2012, o Giral (Grupo de Informática, Comunicação e Ação Local) está com inscrições abertas para seleção de 60 jovens papara o curso de qualificação em Agente de Desenvolvimento da Comunicação (ADC) dos municípios de Lagoa do Itaenga, Feira Nova, Pombos e Glória do Goitá. O curso é gratuito e financiado pela Fundação Interamericana (IAF) com o objetivo da qualificação em tecnologias da informação e comunicação na perspectiva da inclusão social e geração de renda.

Para participar, o candidato precisa ter idade entre 15 e 24 anos, estar cursando ou ter concluído o ensino fundamental ou médio e ter disponibilidade para participar do curso semanalmente, no turno da manhã.  As inscrições estão sendo realizadas em Glória do Goitá, na sede do Giral, em Feira Nova e Pombos nas Casas das Juventudes e em Lagoa de Itaenga, na sede do Conselho da Criança e do Adolescente (Comdica). Outras informações podem ser obtidas através do telefone (81) 3658 1273, ou do email: giral@giral.org.br.

Durante o curso que tem duração de 10 meses, os estudantes passarão por oficinas de fotografia, produção audiovisual, comunicação comunitária, produção para rádio e direitos humanos. O objetivo é formar jovens comunicadores que contribuam com a democratização da comunicação como direito humano.

Inscrições abertas para o 1º Encontro Nacional sobre o Direito à Comunicação

Boa novas. Já estão abertas as inscrições para o 1º Encontro Nacional sobre o Direito à Comunicação. O processo é simples: basta acessar a seção indicada no site (http://endc.org.br) e preencher o formulário. Os participantes terão acesso à  programação completa do ENDC, e poderão enviar proposições para a rodada de atividades autogestionadas  que serão desenvolvidas ao longo do encontro. Nestas, os proponentes poderão submeter idéias de ações que dialogue com o seguinte tópico: Comunicação, Direitos Humanos e Democracia,
A equipe do ENDC disponibilizou uma página com informações úteis àqueles que virão de outros Estados ou cidades. Nela, há uma lista com indicações de locais para hospedagem e transportes em Recife e Olinda.
Os interessados devem enviar os seus dados até o dia 30 de janeiro de 2012.

Mais informações: http://endc.org.br/

Fonte: http://www.ombudspe.org.br

Jovens concluem curso de comunicação para o desenvolvimento

O Giral encerra o ano com a formatura de 62 jovens comunicadores dos municípios de Glória do Goitá, Feira Nova, Lagoa de Itaenga e Pombos. A solenidade foi realizada no dia 21 de dezembro, no auditório do Colégio Dom Miguel e reuniu pais, amigos, familiares e parceiros para reviver momentos do curso e comemorar a produção dos documentários produzidos como trabalho de conclusão.

Os jovens produziram cinco documentários que retratam temas como gênero e homossexualismo, agricultura familiar, problemas sociais, cultura do bandolim e um vídeo sobre o Giral. Os vídeos foram produzidos durante o curso por jovens Agentes de Desenvolvimento da Comunicação e por jovens do Ponto de Cultura – Seu Zé. Essa é a terceira turma de jovens comunicadores formada pelo Giral. Esse mês inicia-se os preparativos para a formação de mais uma turma com 60 jovens comunicadores.